Rixton

Rixton: últimos vídeos musicais

Me And My Broken Heart

Videoclip

Hotel Ceiling

Videoclip

Hotel Ceiling

Videoclip

Wait On Me

Videoclip

Me And My Broken Heart

Videoclip

Me And My Broken Heart

Videoclip

We All Want The Same Thing

Videoclip

We All Want The Same Thing

Videoclip

Rixton: últimos vídeos

Rixton, Catherine Bell & More (3/6/2015)

Vídeo

Hotel Ceiling (Artist To Watch)

Vídeo

Me And My Broken Heart (Artist To Watch)

Vídeo

Rixton: Sobre

No início de 2013, o quarteto da Grã-Bretanha, Rixton, andavam de bar em bar captando a atenção das pessoas com as suas melódicas músicas pop enquanto iam ao mesmo tempo ganhando uma legião de fãs no Youtube à medida que iam colocando covers de músicas incluindo a versão semi acústica de Chris Brown “Don’t Wake Me Up” que conseguiu um número impressionante de cerca de 250mil visualizações.

Estes covers foram eventualmente descobertos por Scooter Braun (mais conhecido pelo seu trabalho com Justin Bieber, Carly Rae Jepsen, PSY e Ariana Grande) que traçou o caminho de Rixton em assinar com a School Boy/Giant Little Man/Interscope Records. Agora, a trabalhar com produtor Benny Blanco (Maroon 5, Katy Perry), Rixton estão prontos para lançar o seu álbum de estreia que mostra os talentos vocais harmoniosos destes quatro artistas.

Vindos de Manchester, Rixton oferecem uma riqueza de pop viciante com base nas suas letras originais, instrumentação e de um puro talento vocal. O vocalista principal, Jake Roche, guitarrista principal/vocalista Charley Bagnall, baixo/teclista/vocalista Danny Wilkin e baterista/vocalista Lewi Morgan criam músicas extremamente dançáveis com um som pop irresistível, incluindo “Make Out”, que chegou ao nº2 no iTunes depois do seu lançamento em Outubro e já alcançou mais de 1 milhão de visualizações no Youtube.

“Nós sabíamos o que queríamos – canções pop com alma” diz Jake sobre a visão da banda para o som de Rixton. “Somos grandes fãs de R&B, desde dos oldies até Usher. R&B é o que temos em comum. Isso e o facto de todos nós cantarmos, então todas as nossas canções têm de ter harmonia. Nós também adoramos o género de pop que Maroon 5 e Bruno Mars fazem, então isso inspirou-nos também”.

Apesar de Rixton ter sido formado só um ano e meio antes de conseguirem assinar com uma editora, todos os quatro membros vieram de um histórico longo a tocar em bandas. As origens do grupo surgem quando Jake decide, aos 16 anos, sair da escola para percorrer o sonho de dedicar a vida a fazer música. Ele juntou-se a Danny (que recentemente desistiu da faculdade pelas mesmas razões) e ambos começaram a fazer covers em bares em Manchester ocupando os tempos livres a escrever letras, sustentandos pela música e a viver na caravana dos pais de Danny.

Ao fim de 3 anos a escrever e a tocar em bares, Jake e Danny cruzam-se com Charley (vindo de Essex) que rapidamente foi recrutado para ser o guitarrista principal que introduziu uma energia mais arrojada ao som pop/R&B de Jake e Danny. O trio passou um ano a compor e depois convidaram Lewi (amigo da namorada de Jake na altura) para se juntar ao grupo como baterista que durante sete anos adquiriu o seu talento para a bateria tendo sido inspirado pelo vídeo dos System Of a Down “Chop Suey” e tendo tocado em várias bandas.

Com o alinhamento de Rixton finalmente completo, compuseram “Speakerphone” que marcou o género musical deles.

À medida que Rixton continuava a escrever e a desenvolver as suas próprias canções, a banda colocava covers de artistas como R. Kelly, Sisqo, e Usher no YouTube para exibir os seus talentos e harmonia vocal. Mas foi com “Have Yourself A Merry Little Christmas” que fez Scooter Braun procurar Rixton e viajar para Londres para conhecer a banda e em 24 horas foi feito um contrato. Admirado pelas habilidades de escrita da banda, Braun decidiu juntar a banda com Benny Blanco (foi responsável pelo “Moves Like Jagger” dos Maroon 5 e de “Teenage Dream” da Katy Perry). Dias depois, Rixton recebe uma chamada de Blanco, que não só concordou em produzir algumas canções, como também quis produzir o álbum de estreia inteiro da banda.

A versatilidade de Rixton vê-se nas várias músicas do seu álbum, desde da música pop “Make Out” para a música mais old-school soul à capella de “Let The Road” e a balada com acompanhamento do piano de “Whole” e a mais mexida “Me And My Broken Heart”.

Em “Leave Me Lonely” (escrita para Rixton pelo compositor nomeado para o Grammy, Ed Sheeran), a banda interpreta uma música emocionante sobre o fim de um relacionamento de deixar todos em lágrimas. Este álbum também tem músicas com o género mais disco-pop como “Appreciated” e “We All Want The Same Thing.”

A meio de completar o seu álbum de estreia, Rixton provaram que também são fortes ao vivo ao tocar em grandes salões de espectáculos como Brooklyn’s Barclays Center onde abriram o espectáculo de Justin Bieber com uma plateia de mais de 19,000 pessoas e só com 24 horas de aviso prévio.

“Foi uma loucura” diz Danny. “Nos estávamos habituados a estar no palco e ver os nossos pais e de repente estamos em frente de 20 mil raparigas aos gritos. Nós nunca sequer tínhamos tocado nesses sete meses que procederam a assinatura do contrato e só tivemos uma tarde para ensaiar”.

Depois disso a banda teve mais oportunidades para deslumbrar nos EUA e no mundo inteiro com o lançamento do vídeo do “Make Out”, um vídeo arrojado mas docemente engraçado que goza com as maiores estrelas do pop que inclui Jake a balançar seminu ao estilo da Miley Cyrus em “Wrecking Ball”, Danny a reproduzir o vídeo de Rihanna num banho de cebolas, Lewi a imitar na perfeição a Katy Perry e Charley a copiar Lady Gaga rodeado de sacos do lixo.

Para além de abrir o espectáculo de Ariana Grande em L.A, Rixton também começaram a tocar nos sítios mais inesperados. “Vamos à rua e tocamos uma mistura das nossas canções e covers para todos que passam” explica Lewi. “Eu faço som com uma caixa, eles têm acústicas e nós harmonizamos”. A primeira vez que fizemos isto foi em Nova Iorque, numa escada de incêndios. Achávamos que ninguém iria aparecer, mas 60 miúdos apareceram primeiro e de repente ficou tudo uma loucura. A rua inteira parou e a polícia teve de intervir”.

Embora a reacção tenha apanhado os Rixton de surpresa, o som da banda “vindo-do-coração” não gera qualquer tipo de espanto que eles tenham conseguido tanto desde do início de 2013 com uma legião de fãs cada vez maior, Rixton estão sem dúvida no caminho de gerar mais sucesso nos próximos anos.