Asian Dub Foundation

Asian Dub Foundation: Sobre

O projecto começou em 1993 quando Aniruddha Das e John Pandit, dois DJs londrinos,recrutaram Deedar Zaman, um bengali de 15 anos para tornar realidade a música techno-jungle. Os três conheceram-se num programa musical para os jovens aprenderem novas técnicas artísticas para eliminar as barreiras entre o Oriente e o Ocidente. Evidentemente, trata-se de um projecto com tendência bastante progressista, coisa que também marcou a direcção política da banda. Os três membros do grupo mudaram de nome(para adoptar uma atitude mais beligerante) como se fosse um pseudónimo. Aniruddha Das passou a ser Dr.Das, John Pandit passou a ser Pandit G.e Deedar Zaman passou a ser Master D. Um ano após a sua formação em 1994, o guitarrista do Higher Intelligency Agency, Steve Chandra Savale juntou-se à banda.Contrariamente ao que parecia no início, a inclusão deste guitarrista inovador foi uma das coisas que melhor definiram o som da banda. Chadra é capaz de obter os sons mais inverosímeis das suas seis cordas e para fazer isso não olha a meios: até chegou a usar uma faca para bater nas cordas. Nesse mesmo ano, ADF lançou o seu primeiro LP com a Nation Records. Com o LP, demonstraram as primeiras linhas de como iria ser a sua carreira. Nas suas letras exigem o fim da violência e da discriminação contra os asiáticos que vivem na Grã-Bretanha. Para a parte musical, ADF alcança os ambientes mais experimentais, herdado em parte de Brian Eno e as suas experiências com Bryne(música tribal) que passando pela matriz techno recebeu o nome de jungle e mais tarde de drum e bass e punk.Em 1995, a banda incluiu outro DJ Sun J e um bailarino Bubble-E, o elemento indispensável para tornar os seus concertos em autênticas explosões em que é impossível desviar o olhar enquanto se mexem os pés.