Beck

Beck: últimos vídeos musicais

Deadweight

Videoclip

Sexx Laws

Videoclip

Loser

Videoclip

Devils Haircut

Videoclip

E-Pro

Videoclip

Mixed Bizness

Videoclip

Where It's At

Videoclip

The New Pollution

Videoclip

Beck: Sobre

Não perguntem a Beck que raio quer dizer "Hanukkah robot funk" ou "a load of bony frog" ou "multi-nippled rotating DJ snap". Ele dará uma resposta diferente cada vez que lhe perguntem. Um músico que aprendeu o seu ofício por conta própria que se intitula "feiticeiro do ritmo", Beck é como um rapaz raivoso, digerindo a ressaca de fantasias inúteis e os sabores tornando-os numa visão significativa dos nossos tempos.Nascido a 8 de Julho de 1971, Beck David Campbell passou a primeira parte da sua vida com a sua mãe, Bibbe Hansen em Los Angeles e com os seus avós paternos em Kansas. Bibbie Hansen passou algum tempo em cadeiras de couro do Velvet Underground em Andy Warhol`s Factory na cidade de Nova Iorque. O avô de Beck, Al Hansen, contribuiu com esculturas feitas de cigarros e colagens de jornais assim que o movimento avant-garde chamado Fluxus foi destronado, no qual Yoko Ono também participava. Mas foram os blues de Leadbelly que captaram a mente do jovem Beck.Dormindo por baixo da mesa da cozinha, atolado entre a classe baixa americana e a cultura dos endinheirados, Beck, naturalmente, afastou-se da sociedade. Sem amigos e cansado da escola secundária, abandonou a escola e empregou-se em vários trabalhos das pessoas comuns americanas: jardineiro da elite de Hollywood, pintor de cartazes para negócios de venda de roupa usada, vendedor de cachorros quentes numa festa de crianças. Enquanto isso, praticava a guitarra e produziu as suas primeiras cassetes"em bruto" de apresentação.Após um ano a passar de sofá em sofá, explorando com surrealistas as letras para os marginalizados de Greenwich Village em Nova Iorque, Beck voltou ao circuito das discotecas em Los Angeles, em 1991. Depois de implorar para o deixarem entrar naJapperjaw uma noite, impressionou os produtores da empresa discográfica Bong Loade de repente encontrou-se a gravar samples com o produtor de Geto Boys Karl Stephenson. Ao ouvir uma gravação dele mesmo a cantar rap, Beck criou uma linha que gerou uma série de interpretações: "I`m a loser, baby/ So why don`t you kill me?"(Sou um falhado, porque é que não me matas?). Lançado originalmente como um single com 12 polegadas em 1993, a canção deixou de ser um sucesso no circuito universitário para um a nível nacional, o ano seguinte. Muitas vezes e categoricamente, Beck tentou afastar-se da sua relação com a mentalidade de perdedor, citando a sua disciplina musical e infância humilde, mas os meios de comunicação não ouviriam os seus prantos, nomeando-o oficialmente como porta-voz da Geração X que era demasiado apática para falar.O sucesso de Loser proporcionou a Beck um contrato com a empresa discográfica subsidiária da Geffen, DGC e isso facilitou o lançamento Mellow Gold, a sua estreianuma discográfica de alta categoria e de outros projectos para discográficas mais pequenas(eventualmente, lançaria projectos pessoais com as discográficas K e Flipside). Beck mesmo pensou que Mellow Gold não era o seu melhor trabalho e em vez de ficar a gozar as boas críticas, concentrou-se em aperfeiçoar as suas actuações ao vivo e provando a sua versatilidade para além de Loser. "Uma audiência precisa de alguém que suba ao palco e que não tenha problemas em fazer de idiota", disse Beck e logo fez isso mesmo, usando nas suas actuações roupa usada, um estilo estranho de dança e poses de artes marciais parecidas às de Elvis Presley.Por muito que muitas canções fossem escritas em poucas horas, demorou um ano e meio de mistura, improvisação e remistura outra vez com os produtores The Dust Brothers e de espera para uso legal de outras canções antes que Beck lançasse Odelay mundialmente. O sucesso estrondoso do álbum por parte das críticas tornou-o no artista do ano em 1996 mas não deixa de experimentar outras coisas. O debate se o seu seguinte álbum, Mutations, representou a apresentação completa do seu génio( para os que ouviram Tropicalia ou a melancólica Nobody`s Fault podia ser) foi fortemente discutido por Beck. Tentou sair do contrato com a Geffen por o álbum ter sido lançado por eles em vez da Bong Load como Beck queria. Por muito que o processo não tenha sido resolvido, Beck voltou ao estúdio com a sua banda para trabalhar no seu padrão do milénio. Midnite Vultures foi a sua declaração artística mais expressiva até à data. Era um álbum de festa delirante com ritmos contagiantes que fizeram com que todas "as lésbicas gritassem". Beck sempre idolatrou o génio de Prince, por isso inspirou-se para fazer esta canção. As vendas foram uma decepção. Já não há falhados. Apenas há os que percebem Beck e os que não o percebem.