Black Eyed Peas

Black Eyed Peas: últimos vídeos musicais

4EVER

Videoclip

VIBRATIONS pt.1 pt.2

Videoclip

BACK 2 HIPHOP

Videoclip

Where Is The Love?

Videoclip

Let's Get It Started

Videoclip

Pump It

Videoclip

Hey Mama

Videoclip

Shut Up

Videoclip

Black Eyed Peas: Sobre

Will.I.Am, Apl.de.Ap e Taboo são o núcleo original do que, nos anos 90 se chamará Black Eyed Peas. A sua intenção era fazer um hip hop afastado da corrente que nesse momento se impunha na Costa Oeste americana: o gangsta rap. N.W.A. acabam de lançar o seu genial mas pesadíssimo Straight Outta Compton e a linha traçada anos antes por grupos como A Tribe Called Quest, Arrested Development, De La Soul ou GrandMaster Flash ficavam soterrados por rimas violentas de Ice T e Dr. Dre.Will.I.Am e Apl.de.Ap conheceram-se em 1989, fazendo parte do colectivo de breakdancers Tribal Nation. Ambos logo se aperceberam que estavam atraídos pelo rap, assim baptizaram-se de Atblan Kham e começaram a actuar na zona de Los Angeles. O seu primeiro contrato foi assinado com a Ruthless Records, a empresa do membro NWA, Eazy E. Com eles, lançaram um disco, Grass Roots(1995) mas a discográfica não lhe deu o valor suficiente para o promover porque lhes parecia um absurdo ter um grupo tão positivo como os Klann e ter o gangsta rap dos Nigger with Attitud como barco insígnia da marca. De todas as maneiras, a morte de Eazy E em 95 interrompeu qualquer possibilidade de continuar a relação com a discográfica porque era Eazy o único consciente do valor deles nesse momento. Will.I.Am e Apl.de.Ap decidiram recrutar Taboo, outro MC e breakdancer da zona de Los Angeles e decidiram mudar o nome do grupo para The Black Eyed Peas, pelo qual são conhecidos até hoje. Em 1998, lançaram o seu primeiro disco com o seu novo disco, Behind The Front. Nele, participava também Kim Hill, que fazia os coros. O disco recebeu críticas excelentes. Não passou muito tempo até serem comparados com os The Roots, o novo grupo, com três MCs a fazer rap e com uma banda ao vivo, mas a verdade é que no panorama musical, os Black Eyed Peas não se afastam muito do chamado hip hop alternativo, encabeçado pelos mesmos Roots e seguida por Jurassic 5 e Blackalicious.Bridging the Gap foi o segundo álbum do grupo, com o qual contaram pela segunda vez consecutiva com ajuda da diva do novo R &B, Macy Gray.Elephunk é o terceiro álbum do grupo e com esse aventuraram-se na Europa. Kim Hill foi substituída por Fergie no papel da voz feminina do grupo. O primeiro single, Where is The Love? contava com Justin Timberlake como convidado, o artista pop do ano, chegando a liderar as listas britânicas.