Christina Aguilera

Christina Aguilera: últimos vídeos musicais

Haunted Heart

Videoclip

Car Wash

Videoclip

Beautiful

Videoclip

Can't Hold Us Down

Videoclip

Falsas Esperanzas

Videoclip

Candyman

Videoclip

Candyman

Videoclip

Genie In A Bottle

Videoclip

Christina Aguilera: últimos vídeos

MTV at the Movies | 119 | Part 4

Vídeo

MTV at the Movies | 119 | Part 2 UK

Vídeo

Punk'd | 101 | 2min clip2

Vídeo

Christina Aguilera: Sobre

Christina Aguilera nasceu em Staten Island, Nova Iorque, a 18 de Dezembro de 1980, filha de pai equatoriano e mãe irlandesa.

A vida familiar de X-Tina não era tão alegre como as canções do seu álbum favorito, “The Sound of Music”, e os pais separaram-se quando ela tinha apenas sete anos. A pequena Christina mudou-se com a mãe e irmã Rachel para Wexford, na Pensilvânia.

Aos oito anos concorreu ao concurso de procura de talentos “Star Search”, com o tema ‘The Greatest Love Of All’, de Whitney Houston. Apesar de não ter ganho, Christina Aguilera não se deu por vencida e usou o dinheiro que ganhou no programa como prémio de consolação para comprar um equipamento portátil de música para cantar nas festas do bairro. Dois anos mais tarde já cantava o hino americano em jogos de hóquei no gelo e futebol americano.

Quando tinha 12 anos deram-lhe um papel no programa da Disney “The New Mickey Mouse Club”. Aguilera integrou um grupo de rapazes e raparigas do qual constavam Britney Spears, a atriz Keri Russel e J.C Chasez e Justin Timberlake. Depois de dois anos como uma “Mouseketeer” o programa terminou.

Uma nova oportunidade surgiu ao descobrir que a Disney procurava uma cantora para gravar um tema para o filme de animação “Mulan”. Aguilera gravou uma cassete de apresentação no gravador lá de casa, na qual constava a sua versão de ‘Run to You’, de Whitney Houston. A cassete seguiu por correio para a Disney e 48 horas depois Christina estava em Los Angeles a gravar ‘Reflection’. Em apenas uma semana assinou pela RCA. ‘Reflection’ acabaria por ser incluída no seu álbum de estreia e recebeu uma nomeação para um Globo de Ouro.

Em 1999 os sonhos de Christina Aguilera tornaram-se realidade e era lançado o seu álbum homónimo de estreia, com o single ‘Genie in a Bottle’ a tornar-se o hino do Verão. Na altura, David Thigpen escreveu na revista Time que ela era "uma das cantoras mais talentosas" desde Mariah Carey. O tema ‘What A Girl Wants’ foi outro êxito mundial e converteu-se em multi-platina e Aguilera ganhou o Grammy de “Melhor Artista Revelação”. ‘Come On Over Baby (All I Want Is You)’ e ‘I Turn To You’ foram outros êxitos do registo. Aquando dos MTV Video Music Awards 2000 Aguilera era já uma estrela mundial e juntou-se a Fred Durst, dos Limp Bizkit, para o dueto ‘Livin' It Up’. No mesmo ano atuou na “MTV's New Year's Special” como a primeira artista MTV do novo milénio.

Após o sucesso do primeiro trabalho, a cantora lançou em 2000 os álbuns “My Kind of Christmas”, com temas de Natal, e “Mi Reflejo”, disco em espanhol com o qual conquistou o público latino. Este último rendeu-lhe o Grammy Latino de “Best Female Pop Vocal Album” em 2001 e deu a conhecer os singles ‘Genio Atrapado’, ‘Por Siempre Tú’ e Ven Conmigo (Solamente Tú)’, versões de temas do álbum de estreia, bem como ‘Pero Me Acuerdo De Ti’ e ‘Falsas Esperanzas’.

Posteriormente, Ricky Martin convidou-a para cantar com ele o tema ‘Nobody Wants to Be Lonely’, incluído no álbum “Sound Loaded”, de 2001. No mesmo ano Aguilera juntou-se a Lil' Kim, Mya, P!nk e Missy Elliott para uma nova versão do clássico ‘Lady Marmalade’ incluída na banda-sonora do filme “Moulin Rouge”. O tema foi um êxito mundial e recebeu o Grammy de “Best Pop Collaboration with Vocals” e dois MTV Video Music Awards, entre os quais o de “Video do Ano”, em 2001.

Em 2002, regressa com o álbum “Stripped” onde quis demonstrar que é uma rapariga cheia de sensualidade. A maior parte do registo foi produzida por Scott Storch e Linda Perry e Alicia Keys deixou a sua assinatura numa das músicas. Inicialmente a imagem mais arrojada de X-Tina causou polémica, muito por conta do video controverso do tema ‘Dirrty’, com a cantora a revelar na altura que a sua nova imagem era um reflexo da sua personalidade. Esse vídeo tornou-se muito popular na MTV e um êxito mundial, tal como o segundo single, ‘Beautiful’, um sucesso junto da crítica e do público, premiado com o Grammy de “Best Female Pop Vocal Performance”. A MTV emitiu um especial sobre “Stripped”, no qual Aguilera falava sobre as gravações do disco. Os singles ‘Fighter’, ‘Can't Hold Us Down’ (com Lil' Kim) e ‘The Voice Within’ também contibuíram para o sucesso do álbum.

Em 2003 Aguilera juntou-se a Justin Timberlake para a “Justified/Stripped Tour” e andou pelo mundo com a “Stripped World Tour”, que os leitores da Rolling Stone elegeram como a melhor digressão desse ano. Também em 2003 X-Tina partilhou o palco com Madonna, Britney Spears e Missy Elliot na abertura dos MTV VMAs, para interpretarem ‘Like a Virgin’ e ‘Hollywood’. A atuação em jeito de tributo à Rainha da Pop, com as duas princesas a recriarem o look da era “like a virgin”, ficaria para a história da MTV, muito por conta do beijo na boca que Christina e Britney deram a Madonna. Nesse mesmo ano Aguilera apresentou os MTV Europe Music Awards.

No Verão de 2004 Aguilera lançou os singles ‘Car Wash’, uma colaboração com a rapper Missy Elliott para a banda-sonora do filme “Shark Tale”, e ‘Tilt Ya Head Back’, com Nelly.

Para o successor de “Stripped” Christina Aguilera escolheu uma sonoridade soul, jazz e blues, que imprimiu em “Back to Basics”, editado em 2006. O álbum duplo deu a conhecer os singles ‘Ain't No Other Man’ – apresentado nos MTV Movie Awards 2006 e no programa TRL e premiado com o Grammy de “Best Female Pop Vocal Performance” -, ‘Hurt’ – que a cantora interpretou nos MTV VMAs 2006 - e ‘Candyman’, bem como ‘Slow Down Baby’ e ‘Oh Mother’. DJ Premier, Kwamé, Linda Perry e Mark Ronson colaboraram com a cantora neste registo, um novo sucesso comercial também aclamado pela crítica.

No final de 2006 Aguilera colaborou com Sean "Diddy" Combs no tema ‘Tell Me’, incluído no álbum “Press Play”.

Em 2008 Aguilera participou em “Shine a Light”, um documentário de Martin Scorsese sobre os Rolling Stones, no qual interpreta ‘Live With Me’ em dueto com Mick Jagger. A cantora também teve uma pequena participação na comédia “Get Him to the Greek”. No mesmo ano a editora RCA assinalou os 10 anos de X-Tina na indústria musical, com o lançamento da compilação “Keeps Gettin' Better: A Decade of Hits”, que incluiu o inédito ‘Keeps Gettin' Better’, cuja estreia mundial foi nos “ MTV Video Music Awards 2008”.

Em 2010 editou o álbum “Bionic”, uma mistura de R&B, electropop, e synthpop, com colaborações de Tricky Stewart, Polow da Don, Le Tigre, Switch, Sia Furler, Claude Kelly, Linda Perry, M.I.A., Santigold, Nicki Minaj e Peaches, entre outras. ‘Not Myself Tonight’ – apresentado mundialmente nos MTV VMAs 2010 - e ‘You Lost Me’ foram os singles do registo. ‘Woohoo’ (com Nicki Minaj), ‘Lift Me Up’, ‘My Girls’ (com Peaches) e ‘I Hate Boys’ são outros temas do disco.

No mesmo ano Christina recebeu uma estrela no “Hollywood Walk of Fame” e estrou-se como atriz ao lado de Cher, enquanto aclamada protagonista do musical “Burlesque”, nomeado ao Globo de Ouro de “Best Picture – Musical or Comedy”. A cantora e atriz foi também nomeada ao “Globo de Ouro” de “Best Original Song”, pelo tema ‘Bound to You’.

Em 2011 X-Tina prestou tributo a Aretha Franklin em conjunto com Jennifer Hudson, Martina McBride, Yolanda Adams e Florence Welch, na abertura dos prémios Grammy. No mesmo ano tornou-se jurada no programa de procura de talentos “The Voice”, ao lado de Adam Levine, Blake Shelton e Cee Lo Green. O concurso apresentado por Carson Daly, mítico VJ da MTV, tornou-se um êxito nos EUA. Também em 2011 Aguilera cantou com Adam Levine no single dos Maroon 5 ‘Moves Like Jagger’, que se tornou um êxito em todo o mundo.

Já em 2012 Christina Aguilera gravou o tema ‘Casa de Mi Padre’, incluído na banda-sonora do filme com o mesmo nome. O sétimo álbum da cantora deve ser editado este ano. O primeiro single tem lançamento previsto para Agosto e produção a cargo de Max Martin.