Depeche Mode

Depeche Mode: últimos vídeos musicais

Enjoy the Silence

Videoclip

Personal Jesus

Videoclip

People Are People

Videoclip

It's No Good

Videoclip

Higher Love

Videoclip

Should Be Higher

Videoclip

Heaven

Videoclip

Goodbye

Videoclip

Depeche Mode: Sobre

No início dos anos 80 do século passado, em plena ressaca do pós-punk no Reino Unido e quando os grupos se desfaziam das guitarras e baterias e os substituíam por sintetizadores e caixas de ritmo apareciam os Depeche Mode. Passados 30 anos, são reconhecidos como a banda de "sintetizadores electrónicos" mais famosa de sempre.

Acaba por ser algo irónico, dada a sua reputação de reis da pop dos sintetizadores, que eles tenham feito a sua estreia como um trio que tocava apenas guitarras no clube Scamps de Southend-On-Sea. Originalmente, o grupo – cujo nome foi retirado de uma revista francesa - formou-se num bairro próximo de Basildon (Essex, Inglaterra) em 1980 e os seus membros eram Vince Clarke (nascido a 3 de Julho de 1961 em Basildon; ex-No Romance in China), Andy Fletcher (nascido a 8 de Julho de 1960, Basildon), e Martin Gore (nascido a 23 de Julho de 1961 em Basildon; ex-The French Look, Norman & the Worms).

Devido a uma série de concertos que atraíram muita gente ao Bridge House Tavern, em Caming Town, Londres, acabaram por ser descobertos por Daniel Miller. Pouco depois assinaram contrato com a discográfica independente Mute Records, que seria a editora do grupo por muito tempo.

Os Depeche mode experimentaram o vinil com a sua aparição na compilação Some Bizarre de Stevo, em 1981. Essa gravação foi realizada pelo trio original, com Clarke nas vozes, antes da decisão em incorporar Dave Graham (nascido a 9 de Maio de 1962 em Epping, Essex) como vocalista principal permanente. ‘Dreaming of Me’ (1981) foi o começo de uma trajetória notável de singles.

O autor principal das canções, Vince Clarke, partiu após ‘Speak & Spell’, para formar os Yazoo com Allison Moyet e, assim, Martin Gore ficou no comando no que respeita as composições, enquanto Alan Wilder (nascido a 1 de Junho de 1959, Inglaterra) ocupou o lugar de Clarke. O ambiente suave e hipnótico de ‘See You’, do álbum “A Broken Frame” (1982), foi uma das primeiras demonstrações do sentido de melodia que Gore tinha.

Poucas vezes os Depeche Mode conseguiram compatibilizar o seu trabalho com os gostos da imprensa musical, se bem que o sucesso mostrou a força das suas composições sugestivas e de escuta fácil que, por vezes, levavam à dança compulsiva. No que respeita às letras, Gore tinha sempre tendência para temas mais obscuros do que aquilo que o conteúdo musical sugeria, incluindo o sadomasoquismo (‘Master and Servant’), o capitalismo (‘Everything Counts’) e o fetiche religioso (‘Personal Jesus’). 'Just Can't Get Enough', e 'Strange Love' (que a banda tocou no palco dos MTV Video Music Awards em 1988) foram também grandes êxitos dos Depeche Mode nos anos 80.

Com a chegada dos anos 90, os álbuns dos Depeche Mode continuaram a alcançar o Top 10 britânico e começaram a abrir caminho no mercado europeu e americano, que não demorou a descobri-los. A digressão “The Violator” tornou-os grandes estrelas nos EUA e contribuiu para que o grupo vendesse milhões de álbuns em todo o mundo. O álbum com o mesmo nome – que incluiu o single ‘Enjoy The Silence’ - apresentava um som mais pesado, consequência do gosto de Gahan pela cena rock americana, que continuou em “Songs of Faith and Devotion”, registo que deu a conhecer músicas como ‘Walking In My Shoes’ ou a explosiva ‘I Feel You’. Enquanto a reputação da banda ia melhorando muito por conta dos ambiciosos espectáculos ao vivo, o álbum chegava às listas britânicas e americanas logo na primeira semana de edição. Em 1993 a MTV dedicou um episódio do documentário "Rockumentary" à banda.

Por esta altura havia discórdia no seio dos Depeche Mode, algo que teria começado com a chegada dos anos 90. Wilder acabaria por deixar a banda em 1996, para reaparecer em 1997 como o grupo Recoil. Nesse mesmo ano Gahan esteve hospitalizado uma vez, devido a uma presumível overdose. Nestes anos conturbados Gahan mudou-se de Essex para Los Angeles, divorciou-se, casou novamente e tentou suicidar-se. A sua grave toxicodependência chegou a um ponto crítico em 1996, ano em que chegou a estar perto da morte.

Tendo em conta a fragmentação que tinham sofrido na banda, o álbum “Ultra”, editado em 1997, foi surpreendente. Singles como ‘Barrel Of a Gun’ e ‘It’s No Good’ ditaram o êxito do disco.

Em 2001 lançaram “Exiter”, do qual foram extraídos os singles ‘Dream On’, ‘I Feel Loved’ e 'Freelove'. No mesmo ano os Depeche Mode tocaram o clássico 'Never Let Me Down Again' nos MTV EMA e participaram nas comemorações do 20º aniversário da MTV, cedendo ao canal imagens de parte da performance de 'Personal Jesus' em Filadelfia, nos EUA, num dos concertos da "Exciter Tour".

Em 2005 editaram “Playing The Angel’, do qual fazia parte o êxito ‘Precious’ e que levaram para a estrada com a tour "Touring The Angel". Um desses concertos foi filmado e, posteriormente, transmitido pela MTV em 2010, no MTV World Stage. Em 2009 voltaram às edições com o hipnótico “Sounds Of The Universe” - apresentado pelo single ‘Wrong’- e aos palcos, com a bem sucedida “Tour of the Universe”, durante a qual deram 142 concertos, batendo recordes de vendas, com mais de 2.5 milhões de bilhetes vendidos. Em 2011 um dos MTV World Stage foi o concerto grupo em Barcelona, Espanha, integrado precisamente na "Tour of the Universe".

Em 2013 os Depeche Mode voltam à estrada com uma majestosa e inovadora digressão mundial. Dave Gahan, Martin Gore e Andy Fletcher vão dar 34 concertos em 25 países europeus, para mais de 1,5 milhões de fãs, antes de seguirem para os Estados Unidos, em promoção ao 13º longa-duração, intitulado “Delta Machine”. A tour passa por Portugal a 13 de Julho, para um espetáculo no Alive'13.

A celebrar mais de três décadas no topo da indústria musical, os Depeche Mode já venderam mais de 100 milhões de álbuns em todo o mundo e foram premiados com diversos troféus, entre eles 1 MTV EMA de “Melhor Grupo”, 1 BRIT award, 1 Ivor Novello Award, 1 Echo Award, 1 Q Award, entre outros, e foram nomeados para 5 Grammys e um total de 4 MTV EMA, 4 BRIT Awards e 2 MTV VMA, entre outros.