Ja Rule

Ja Rule: últimos vídeos musicais

New York

Videoclip

Clap Back

Videoclip

Down 4 U

Videoclip

Caught Up

Videoclip

Holla Holla

Videoclip

Down 4 U

Videoclip

Caught Up

Videoclip

Thug Lovin'

Videoclip

Ja Rule: Sobre

Equilibrando os seus papéis no acampamento Ruff Ruder dos DMX e de Roc-a-Fella de Jay Z, este nativo de Hollis, Queens, de 21 anos é o responsável de alguns dos versos mais "escaldantes" do hip hop actualmente. A voz distinta e fragmentada de Ja juntamente com a sua presença entusiasmada abençoaram projectos como Murdergram, um single retirado da banda sonora de Street Is Watching, Can I Get A...., de Jay Z e Gangsta Shit do álbum de DJ Clue The Professional. Mais importante é que com a muito antecipada edição do seu primeiro trabalho Venni, Vetti, Vecci(em latim: chegou, viu e venceu), Ja Rule estabelece-se como concorrente sério no ambiente competitivo de hoje em dia.Fazendo rimas desde os 16 anos, Ja(retirado das suas iniciais, Jeff Atkins) realizou a sua primeira aparição vocal no tema de Mic Geronimo de 1995, Time to Build, que foi o lado B de Masta I.C. de Mic Geronimo. O produtor do tema e vizinho de Hollis em Queens, Irv Gotti, já tinha ouvido falar de Ja Rule e decidiu contratá-lo de imediato. A partir da popularidade, Ja e os seus dois amigos(colectivo denominado The Cash Money Click) assinaram um contrato de gravação com Blunt/TVT Records. O seu primeiro e único single, Get the Fortune, com o lado B de For My Click soou muito a Hot 97 de Nova Iorque. Após um grande primeiro trabalho, o seu velho amigo, Irv Gotti, conseguiu que Ja se reunisse com o presidente da Def Jam Records, Lyor Cohen. Coisa rara é que Lyor, que ficou impressionado com o sentido de "rua" e do negócio de Irv, contratou-o como caça talentos com a obrigação inicial de contratar Ja Rule para Def Jam. Embora o público conheça Ja pela sua alegre contribuição no sucesso de Jay Z, Can I Get A..., a sua estreia é uma homenagem comovedora à "rua". Temas como o introspectivo Only Begotten Son, o sentido Daddy`s Little Baby e o inspirador Race Against Time apenas representam uma porção da primeira obra muito completa de Ja. "Não é uma conquista do mundo, mas sim de mim mesmo", disse Ja do seu primeiro álbum, que contém 17 temas nos quais aparecem Jay Z, DMX e Memphis Bleek.Mais é dizer que a estreia de Ja também contém uma boa dose de temas assassinos. No sinistro It`s Murda aparecem Ja, DMX, Jay Z, que começam a liquidar a competência pela via rápida. O alarmante Worlds Most Dangerous representa a chegada oficial de Ja e a sua declaração de supremacia no mundo do hip hop. O primeiro single do álbum, Holla Holla está destinado a ser o próximo hino da rua do rap. É um tema duro que estabeleceu o novo estilo partido de Ja e o seu ritmo contagiante de perguntas e respostas: Holla Holla/All My Niggas that`s ready to get/Dollas, Dollas/Bitches know who get them a little/Hotta Hotta/Come On, if you rollin`with me/Folla Folla.... It`s Murda."Aprendi bem a lidar com a pressão", disse Ja confiante. Aparte do seu próximo álbum, entre os projectos de Ja estão 25 to Life, o tema produzido por Wyclef para a banda sonora de É A vida, na qual aparece Ja junto com Juvenile e Xzibit; o primeiro single de Blackstreet Girlfriend/Boyfriend com Janet Jackson e Eve; e You Are Everything de Dru Hill. "Não quero que ninguém pense que vou às costas de alguém", disse Ja, cujo nome estará de boca em boca na rua este Verão. "Quero que todos me conheçam por mim mesmo. Quando chegar o meu álbum, quero que os meus fãs tenham uma ideia clara de Ja. Foi por isso que chamei o álbum de Venni, Vetti, Vecci", disse Ja. "Tenho uma ideia clara onde quero ir e o que quero fazer. A única coisa que me falta é vencer o meu destino". E conhecendo Ja Rule, não vai demorar a consegui-lo.