Lúcia Moniz

Lúcia Moniz: últimos vídeos musicais

Try Again

Videoclip

Dizer que não

Videoclip

Asas Na Mão

Videoclip

Chuva (I)

Videoclip

Lúcia Moniz: Sobre

Lúcia Moniz nasceu a 9 de Setembro de 1976, filha de dois músicos, Carlos Alberto Moniz (maestro, músico e comunicador açoriano) e Maria do Amparo.

A sua ligação aos palcos é inata e originou uma carreira internacional que se divide entre a música, o teatro, o cinema e a televisão.

A participação no Festival da Eurovisão com apenas 19 anos, foi a melhor classificação Portuguesa de sempre e o ponto de partida para uma carreira musical.

Em 1999, lançou o primeiro álbum em nome próprio, “Magnólia”. Com produção de Nuno Bettencourt (Guitarrista dos Extreme), o disco atingiu a classificação de vendas de Ouro e concedeu a Lúcia o título de “novo talento nacional”, por conta de músicas como ‘Dizer Que Não’ e ‘Try Again’. Em 2002, apresenta o seu segundo trabalho chamado “67”, que inclui composições feitas em parceria com autores como Jorge Palma, João Gil, Pedro Campos ou Maria do Amparo, com destaque para o single ‘Asas Na Mão’.

O ano de 2003 levou a artista até Hollywood para participar na comédia romântica “Love Actually”. Ao lado de artistas como Hugh Grant, Liam Neeson, Emma Thompson, Rodrigo Santoro ou Colin Firth, entre outros, Lúcia Moniz revela o seu talento de atriz. A longa-metragem foi dirigida por Richard Curtis (“Quatro Casamentos e um Funeral”, “Notting Hill”, “Diário de Bridget Jones”).

Após uma pausa, de dois anos Lúcia Moniz, apresenta em 2004 com o seu terceiro disco “Leva-me pra Casa”. Gravado nos Açores, o disco conta com temas de Pedro Campos ou Maria do Amparo., entre os quais o single ‘Chuva’.

Presença assídua em novelas e série portuguesas, Lúcia aposta depois na sua carreira de atriz participando também em musicais, como "Música no Coração" e “West Side Story”, de Filipe La Feria, na primeira temporada da sitcom "Living in your Car" para a HBO Canadá, produzida por David Steinberg ("Friends", "Seinfeld"), ou mais recentemente, na encenação de Diogo Infante para o Teatro D. Maria II da peça “Um Elétrico chamado desejo”, ao lado de atores como Alexandra Lencastre e Albano Jerónimo.

Durante estes anos, a música ficou para segundo plano, mas nunca totalmente ausente. Além de participações em duetos com Paulo Gonzo ou Dr1ve, atuou no RockinRio 2008 com Ricardo Azevedo e RockinRio 2010 ao lado de Mister Lizard.

O ano de 2011 marca o regresso de Lúcia Moniz à música. Consigo traz as experiências, as partilhas, vivências e influências de anos dedicados aos palcos. Tudo se traduz em “Fio de Luz”, um novo trabalho com uma musicalidade madura e intensa que marca uma nova fase da vida da artista.