The Rapture

The Rapture: Sobre

Em 2006, os The Rapture são Luke Jenner (voz e guitarra), Vito Roccoforte (bateria), Matt Safer (voz e baixo) e o multiinstrumentista Gabriel Andruzzi. Efervescente post punk invade pistas desde o seu lar actual em Nova Iorque.Os The Rapture formaram-se em princípios de 1998 por Vito Roccoforte e Luke Jenner. Na altura já indicavam para os The Cure e Joy Division, e inclusivamente New Order( como exemplos) mas não será até a publicação do seu segundo álbum, Echoes (Strummer/Universal, 2003) e pela mão do sucesso House of the Jealous Lovers quando os The Raptures começam a despontar mostrando um tremendo potencial para fazer dançar as pessoas, misturando, de maneira original, aos antes mencionados com bases de acid house, música disco pura e dura ou electrónica hedonista.Em princípios de 1999 aparece o seu primeiro álbum Mirror (Gravity, 1999). Inclui apenas oito canções e é o menos "dançável" da sua discografia. Aos The Cure ou Joy Division temos de acrescentar a clara influência de nova-iorquinos ilustres como Suicide ou Television. Após a publicação de Mirror, os The Rapture começam a tocar. Entre outros companheiros de geração reputados, fazem-no com Sunny Day Real Estate. Tocar ao vivo será uma das actividades favoritas do grupo.Em 2001 publicam o EP de seis temas Out of Races and Onto the Tracks (SubPop, 2001) e em 2002 junta-se ao grupo Gabriel Andruzzi e editam o single House of the Jealous Lovers, canção que os situará definitivamente entre o grupo de bandas americanas com maior projecção. Algo que a publicação do seu segundo álbum Echoes (Strummer/Universal, 2003) consolidará, um passo gigante para a banda graças (além das boas canções) à produção de The DFA (nome de guerra da equipa de produção composta por Tim Goldsworthy e James Murphy).Echoes põe a seus pés o mercado britânico onde o disco é recebido de maneira entusiasta pela imprensa e público. NME convida-os a participar no NME Awards Tour com Funeral for a Friend. Em 2004 também partilharão o palco com Franz Ferdinand e The Von Bondies, mas o momento culminante chegará com a celebração do Curiosa Festival, onde partilharão o cartaz com os seus admirados The Cure.Em Setembro de 2006 sai para o mercado o seu terceiro álbum sob o nome genérico Pieces of the People We Love (Universal Motown, 2006).