Mesa

Mesa

Os Mesa surgem no final de 2000, depois de passarem algum tempo em “laboratório”. Em 2001, surge a primeira maquete, que obtém divulgação no programa de Henrique Amaro “Rádio-clube” (Antena 3) e que suscita artigos no DN+ e no Blitz. 2002 é o ano da consolidação do grupo. É também o ano da participação na colectânea da POP UP SONGS – OPTIMUS 2002 com o tema “Divagadora”, que “roda” com bastante insistência durante o Verão desse ano. As maquetes e as actuações ao vivo chamam a atenção das editoras e no final de 2002 assinam com a ZonaMúsica. O álbum de estreia (“Mesa”) é editado a 19 de ...

MTV Portugal

ITUNES

Loading...

Biografia Completa

Os Mesa surgem no final de 2000, depois de passarem algum tempo em “laboratório”. Em 2001, surge a primeira maquete, que obtém divulgação no programa de Henrique Amaro “Rádio-clube” (Antena 3) e que suscita artigos no DN+ e no Blitz. 2002 é o ano da consolidação do grupo. É também o ano da participação na colectânea da POP UP SONGS – OPTIMUS 2002 com o tema “Divagadora”, que “roda” com bastante insistência durante o Verão desse ano. As maquetes e as actuações ao vivo chamam a atenção das editoras e no final de 2002 assinam com a ZonaMúsica.



O álbum de estreia (“Mesa”) é editado a 19 de Maio de 2003. A recepção da crítica é excelente e os Mesa assumem-se de imediato com um dos projectos mais promissores da música portuguesa. O single “Esquecimento” recebe um forte apoio de rádios nacionais. Ainda em 2003 (20 de Outubro) é feita uma segunda edição do disco. Uma edição de “luxo” que, além do novo grafismo, conta com uma tema inédito “cantado” por Scott Walker através da recuperação das gravações do tema 30 Century Man, incluído no álbum “Scott 3” e uma faixa multimédia com o vídeo de “Esquecimento”.



A qualidade dos Mesa chama entretanto a atenção da EMI Music Portugal. Com o conhecimento da Zona Música iniciam-se os contactos que viriam a resultar na assinatura de contrato no início deste ano. O acordo prevê a gravação de novos álbuns e também a transferência para a EMI Music Portugal das gravações existentes.



Em 2004 os Mesa figuram de forma unânime nas listas de melhores do ano nos jornais portugueses e começam a fazer-se notar além-fronteiras, com artigos elogiosos na imprensa Alemã, Inglesa, Brasileira e Espanhola. Em Maio último ganham o Globo de Ouro na categoria de Melhor Grupo do Ano, no Dance-Club Music Awards o galardão de Melhor Disco do Ano e “Mesa” é ainda eleito pela Antena 3, como o melhor disco de 2003.



Ainda em 2004, os Mesa são nomeados nos MTV Europe Music Awards na categoria de “Best Portuguese Act”. Emmanuel Legrand, Billboard.com Global main editor, incluiu o seu álbum de estreia como um dos 10 melhores discos de 2004 e considerando-o como um “Impressive debut album from this Portuguese trip-hop band.”



A surpresa maior desse ano estava reservada no entanto, para a 3ª edição de “Mesa”, que contou com a participação especial de Rui Reininho, tendo entrado de imediato na tabela dos discos mais vendidos. “Luz Vaga” tornou-se uma das canções mais rodadas nas rádios e um dos grandes sucessos do grupo.



Chega o ano de 2005 e a banda apresenta novo disco. As gravações começam em Março no Porto e terminam no mês de Junho em Nova Iorque. O álbum “Vitamina”, editado a 12 de Setembro de 2005, inclui 11 temas e ainda uma faixa extra com uma versão de “Out of Time”, original dos Blur. “Vitamina” confirma a identidade eclética dos Mesa, uma combinação perfeita entre rock ‘n’ roll, jazz e música electrónica.



Aclamado pela crítica, os Mesa vencem a dura prova do 2º disco com temas como “Fado Lunar”, “Soro da Verdade”, “Vício de Ti” ou “Deixa Cair o Inverno”, tendo sido este último nomeado para os Globos de Ouro Caras/Sic desse ano.

No 12 de Maio de 2008, chega às lojas o tão aguardado 3º trabalho de originais. “Para Todo o Mal”, editado pela Sony BMG, estreia-se nas rádios com o tema “Boca do Mundo (Chama)”, que rapidamente conquista o público de norte a sul do país, traduzindo-se numa forte e espontânea reacção nos espectáculos ao vivo, conseguindo erguer muitas de vozes em uníssono com a de Mónica Ferraz.



Neste momento os Mesa acabam de lançar para as rádios o seu segundo single, “Quando as Palavras”, que, mais uma vez, recebe as melhores notas por parte da crítica e dos fãs, prevendo-se já um excelente caminho pela frente.



DISCOGRAFIA:

2008 | Para Todo o Mal | Sony BMG |

2005 | Vitamina | EMI Music Portugal

2003 | Mesa | EMI Music Portugal



LINKS:

Site Oficial

MySpace