MTV IT Girls 2 | Na primeira pessoa: Madalena Sá Fernandes

22 Junho 2017
Os livros sempre foram a minha paixão. Os livros e as histórias. As únicas disciplinas que me davam verdadeiro prazer estudar eram as de humanidades. Quando chegou a altura de escolher, escolhi Literatura num ato apaixonado, mesmo sabendo que teria poucas saídas profissionais. Mas foi a melhor escolha que poderia ter feito.

Vivi no Rio de Janeiro e constatei muitas diferenças em relação ao nosso país. As pessoas são mais descontraídas e queixam-se menos, embora tenham muito mais razões para isso. É um país muito marcado pela corrupção ao mais alto nível e com uma realidade muito violenta. Mas tem uma beleza natural avassaladora. Uma leveza, uma dança. Uma capacidade de enfrentar os problemas e de mostrar que a felicidade é o mais importante. É um país de grande diversidade, com todo o tipo de paisagens, pessoas, climas, músicas.Ouço muito música brasileira: Vinicius de Moraes, Tom Jobim, Elis Regina, Caetano, Chico Buarque, João Gilberto, Raul Seixas, Martinália, Betânia, Cartola e tantos outros. Fui ao concerto do Caetano e do Gilberto Gil no Circo Voador, no Rio. As pessoas abraçavam-se, riam e cantavam. Foi lindo.

Comecei a viajar aos 9 meses, quando os meus pais me levaram à China. Desde aí nunca mais parei. Quando me mudei para o Brasil, tive a oportunidade de ir à Amazónia peruana e foi a viagem que mais me marcou. Os membros da tribo sabiam distinguir cada inseto, cada cobra, sabiam dizer onde havia água pelo canto dos pássaros, sabiam construir casas com folhas. Enquanto eu tinha de andar de botas até aos joelhos, eles andavam descalços, imunes. Estão muito mais avançados do que nós no que toca ao mundo natural. Entusiasma-me isto de aprendermos uns com os outros.Há muitas coisas que me inspiram. A natureza é a mais importante. Inspira-me também a poesia de Rilke ou a coragem da Malala Yousafzai e o que ela tem feito pelo direito à educação e, a outro nível, o Ricardo Araújo Pereira, que fez a minha infância.

A rede social que mais uso é o Instagram. Como disse, adoro histórias e gosto de ver a forma como cada um conta a sua. Especialmente se for através de fotografias. Gosto da estética e do conteúdo.É bom podermos escolher o que partilhamos nas redes sociais. Há quem escolha partilhar conteúdo pessoal, há quem opte pelo lado inspiracional. E também há quem escolha não partilhar. Tudo isso é legítimo. Para mim, a internet é um espelho do mundo.Quando tenho um problema, quer ele tenha solução ou não, prefiro encará-lo de frente. O essencial é deixar que o problema não me consuma.É difícil imaginar o que estarei a fazer e onde estarei a viver aos 30 anos. Porque se me perguntassem aos 16, não fazia ideia de que iria viver 4 anos fora, de que iria fazer as coisas que fiz. Vejo-me feliz como sou hoje. Com pelo menos um livro publicado. E a viver em Portugal, de preferência.

Últimas notícias

Rihanna lança linha de meias e altera status para a maior fashionista do mundo

Notícias

Charlotte Crosby fala sobre o fim do namoro com Stephen Bear

Notícias

P!nk vai receber o MTV VMA de VIDEO VANGUARD 2017

Notícias

Fifth Harmony têm novo vídeo e nós adoramos

Notícias

Justin Bieber pode lançar um novo single esta sexta-feira

Notícias

P!nk anuncia novo álbum

Notícias

DAMN! Kendrick Lamar vai atuar nos MTV VMA

Notícias

MTV Movie Spotlight: 'Atomic Blonde'

Notícias